Finanças

O que são fundos de investimentos? Tire suas dúvidas

Os fundos de investimento são aplicações financeiras, que contém recursos de diversos cotistas, em uma carteira de ativos de mercados diferentes, e os recursos são gerenciados por uma terceira parte que recebe por isso. Os cotistas tem os mesmos direitos dos outros cotistas, independente da quantidade de fundos que possui e seguem as regras de funcionamento preestabelecidas.

Os fundos de investimentos são apresentados em um documento denominado lâmina, nele detalhadamente, os cotistas encontram as informações relevantes acerca de cada fundo, com destaque para o benchmark, a taxa de administração, o CNPJ, os prazos e os impostos. Se você pretende investir em fundos de investimento, e quer saber mais informações antes de decidir, continue lendo o artigo.

Veja também:
Qual é a diferença entre valor líquido e valor bruto? Descubra
O que é um orçamento familiar e para que serve?
O que fazer para organizar as finanças pessoais?

O que são fundos de investimentos?

Os fundos de investimento são investimentos financeiros, que reúne recursos de diferentes cotistas em uma carteira de ativos de mercados diversos, e pagam um valor para uma terceira parte administrar os recursos. Os ativos dos fundos de investimento podem incluir ações, renda fixa, títulos públicos, fundos imobiliários, commodities, cambiais, e outros. Se o fundo de investimento for variado, os riscos da aplicação diminuem. 

Os fundos de investimentos, acompanham as normas estabelecidas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), e possuem um regulamento específico. No regulamento, estão contidos as normas sobre os riscos das operações, a política de investimento, o regime de tributação, as tarifas administrativas e mais. Sendo assim, se você comprar um cota de um fundo, seguirá as regras de funcionamento, e os seus direitos serão os mesmos dos outros cotistas.

Como é o funcionamento dos fundos de investimento?

O funcionamento dos fundos de investimento, são apresentadas de forma detalhada em um documento denominado lâmina. Nela, estão contidos várias informações relevantes, com ênfase em: benchmark, que é o índice utilizado como meta a ser superada, assim, quando a estratégia do administrador ultrapassa essa meta, os resultados são classificados como bons.

A taxa de administração, que é cobrada mensalmente, no fundo de investimento, e recai sobre o recurso investido. A tarifa de performance também é cobrada, e incide sobre os rendimentos que ultrapassaram a meta determinada. O CNPJ que o fundo de investimento possui, além de serem classificados como um patrimônio. Com o número do CNPJ, existe a possibilidade de ver a composição da cesta de cada fundo no site da CVM. 

Os prazos, que os fundos de investimento possuem cada estágio da cotização, que é tempo total que o recurso leva para se transformar em cota e para ser resgatado. Finalmente, os impostos que são cobrados, como é o caso do imposto de renda que recai sobre o lucro, e o administrador do fundo, recolhe, a alíquota que incide sobre o rendimento dos fundos de ações, quando realize o resgate, e nos outros fundos de investimento a cobrança do ocorre por semestre, com valores variáveis e por fim, o IOF, que incide sobre investimentos que são resgatados em menos de 30 dias.

Por que incluir fundos de investimentos na cesta?

Os fundos de investimento, são interessantes para diversificar sua cesta de ativos, pois tem um valor mínimo baixo e é possível acessar o investimento com um custo menor. O patrimônio de um fundo de investimento, é a totalidade dos recursos investidos pelos cotistas, sendo os custos de corretagem divididos entre os mesmo de forma igualitária, e a supervisão do fundo, é realizada por um gestor experiente. 

Quais são as categorias dos fundos de investimento?

Fundos de ações

Os fundos de ações, são uma alternativa para os investidores com perfil arrojado, pois são renda variável, e formado por pelo menos 67% de ativos na bolsa de valores. Os fundos de ações são divididos em: fundos long only, que tem foco nas ações compradas na carteira, e são valorizados quando o mercado está em alta, os long short, atuam em pares de ações, e ganham quando há baixa no mercado, por fim, o long biased, mescla os dois fundos anteriores, com destaque para a alta de ações.Os fundos de ações são identificados com a sigla FIA, por exemplo, o  Privatto FIA.

Fundos de renda fixa

Os fundos de renda fixa, são uma alternativa para investidores de perfil estável e conservador, visto que, são formados por pelo menos 80% de ativos de renda fixa, por exemplo,  os títulos do Tesouro Direto, e os 20% restantes são formados por ativos que procuram elevar os rendimentos, por exemplo, os derivativos. Os fundos de renda fixa são identificados com a sigla RF no nome, por exemplo, SANTOS CREDIT YIELD FI RF CP.

Fundos imobiliários

Os fundos imobiliários, são formados por ativos de imóveis comerciais,  por isso é uma forma de investir no mercado imobiliário, de forma indireta. Os cotistas mensalmente, recebem uma renda passiva, assim como os proprietários. Os três tipos de FIIs, são o fundos de tijolo formados com base em empreendimentos imobiliários comerciais, por exemplo, o shopping centers, os fundos de papel são formados a partir de ações do setor imobiliário, por exemplo, CRIs e LCIs, e os fundos híbridos são formados mesclados os dois anteriores. Um exemplo do FII é o BC Fund.

Fundos multimercado

Os fundos multimercado, são formados por papéis de diferentes setores, por isso, proporcionam versatilidade ao gestor. São considerados os fundos mais seguros para quem está começando a investir em ações, sendo formados em sua maioria por ações, mas também por títulos de renda fixa. Os fundos multimercado são identificados com a sigla FIM em seu nome, por exemplo, BLACK EAGLE FIM CP.

Fundos referenciados

Os fundos referenciados são caracterizados pelo seu benchmark, visto que, são formados em 95% por de ativos que sigam o índice escolhido. Geralmente, os índices referenciados são ligados a ativos de renda fixa como o DI ou taxa Selic. Os fundos referenciados, normalmente, são formados por títulos privados ou públicos, sendo pós-fixados, indexados pelo benchmark, em questão. 

Fundos cambiais

Os fundos cambiais, são uma alternativa para investidores que procuram proteger seu patrimônio da oscilação do euro e do dólar, e procuram ganhos a médio e longo prazo, devido à variação do câmbio, sendo formado por pelo menos 80% de ativos de outras moedas, por exemplo, os títulos públicos de países europeus, ou títulos públicos dos Estados Unidos. Exemplo do fundo de câmbio é o VITREO MOEDAS LIFE FI CAMBIAL.

Vantagens dos fundos de investimentos

  • Por ter um gestor experiente administrando os fundos de investimentos, optando por ativos com um rendimento maior, efetuando manobras para minimizar danos e aumentar os ganhos, o cotista desfruta de praticidade;
  • Diversifica a carteira de investimentos, sem a necessidade de compra direta de ações, pois é formado por ativos de diversas empresas;
  • O imposto de renda é cobrado pelo administrador, então o cotista não se preocupa com o pagamento desse imposto;
  • Os fundos abertos, permitem investir e resgatar as cotas em um período de tempo rápido, por isso a liquidez é uma de suas vantagens. 

Como escolher um fundo de investimento?

Para escolher um fundo de investimento, inicialmente, você tem que determinar quais são os seus objetivos, por exemplo, se você quer montar uma reserva de emergência, com a possibilidade de retirada sem prejuízos, você deve focar em Tesouro Selic, CDB, fundos de renda fixa, mas, se você pretende utilizar o dinheiro daqui a cinco anos, você pode focar em fundos de ações.

Em seguida, você deve descobrir se o seu perfil de investidor é conservador, moderado ou agressivo, ou seja, os riscos que você está disposto a correr financeiramente. Com essa  informação, é possível escolher os fundos de investimentos adequados para sua carteira. Feito isso, contate uma instituição financeira ou corretora para te auxiliar na escolha do fundo. Após isso, analise as opções apresentadas pelo gestor.

Como iniciar minhas aplicações em fundos de investimentos?

Verifique o histórico do desempenho apresentado pelo fundo de investimento

Ao contactar uma instituição financeira ou corretora, o gestor vai apresentar as opções de fundos de investimento para o seu perfil, você deve analisar cada uma criteriosamente, e verificar o histórico de desempenho apresentado pelo fundo de investimento. Você pode ver o rendimento do fundo nos últimos anos, através de um gráfico, que contenha a oscilação de um índice de referência.

Acompanhe os índices

Acompanhar algum índice de referência, permite saber mais sobre o retorno trazido pelo fundo de investimento escolhido, pois ele pode ter ligação com um indicador de referência como o Ibovespa ou CDI. Além disso, se você optar por aplicar no mercado imobiliário, pode acompanhar o índice de referência IFIX, que informam os ativos que fazem parte do mercado.

Fique atento as taxas

Nos fundos de investimentos, o gestor aloca os ativos, e por essa atividade, ele é remunerado, nesse sentido, os fundos de investimentos podem ter cobranças de taxas, como a taxa de administração, onde especialistas apontam que os fundos de renda fixa tem essa taxa chegando a 1%, e os fundos de investimentos com um rendimento maior, podem ter essa taxa mais elevada. 

Quanto tempo dura um fundo de investimento?

Os fundos de investimento possuem durações diferentes, por exemplo, alguns estabelecem um período mínimo, para realizar o resgate do dinheiro. Isso pode ser conferido na área denominada “prazo de carência”.

Quais os melhores fundos de investimento para 2021?

Nos fundos de multimercados, BLP CRYPTO ASSETS FIM – IE, QR BTC MAX FIM IE, HASHDEX BITCOIN FULL 100 FIC FIM IE se destacam no ano de 2021. Já nos fundos de ações se destacam no ano de 2021 HAYP FIA, BRADESCO FIA BRADESCO e MAPFRE FIA SMALL. Por fim, nos fundos de renda fixa no ano de 2021 se destacam MB MATIC RF LONGO PRAZO FI FINANCEIRO, ITAÚ INDEX INFLAÇÃO AMERICANA RF USD IE FICFI e BTG PACTUAL DEBENTURES INCENTIVADAS FIC DE FUNDOS INCENTIVADOS DE I.

Similar Posts