Finanças

O que fazer para organizar as finanças pessoais?

A organização das finanças pessoais é um ponto fundamental em todas as nossas vidas. As dificuldades financeiras não só levarão a um ambiente familiar instável, mas também afetarão diretamente os aspectos emocionais do trabalho e a eficiência do trabalho. Muitas pessoas acreditam que o dinheiro é suficiente para resolver todos os problemas. Na verdade, esse é o resultado, não a causa.

Ao contrário do que parece, a estabilidade financeira depende de ações consideravelmente simples, Basicamente planejamento e disciplina. Organizar as finanças é o primeiro passo para realizar sonhos e projetos.

Veja também:
Como funciona o cartão de crédito virtual?
Como investir dinheiro? Os passos corretos para começar
O que é independência financeira? O que fazer para conquistar?

Como fazer para organizar as contas?

Dentre muitas dicas disponíveis para organizar suas contas, selecionamos as seguintes:

Faça uma lista de todas as contas

A primeira coisa que deve ser feita é listar as suas contas por completo. Para isso, pode-se utilizar uma planilha com data de vencimento, descrição da conta e seu valor. Além disso, adicione o valor total a ser pago na terceira coluna. Desta forma, você pode obter uma visão geral dos custos programados.

Use o débito automático

Pagamento por débito automático para pagar água, luz, telefone e outros serviços. Para quem tem saldo em conta, essa é uma boa forma de não esquecer dos vencimentos.

Principalmente porque não há custos adicionais. Porém, você deve ficar atento para saber se não há saldo na data de vencimento, pois neste caso, você utilizará uma linha de cheque especial, que tem uma taxa de juros elevada.

Lembretes

Após elaborar a lista de contas, coloque lembretes no agênda com a data de vencimento da conta para evitar atrasos. Fazer isso e pagar antecipadamente (se possível) é essencial para que você não sofra com juros compostos.

A organização das contas diárias é o primeiro passo para o controle financeiro e os lembretes o ajudarão a concluir essa tarefa. No entanto, já existe uma ferramenta de planejamento financeiro completa que pode não só ajudá-lo a organizar as contas, mas também economizar muito dinheiro e obter a liberdade financeira.

Use um aplicativo para organizar as contas

Se achar complicado gerenciar suas contas com uma planilha, você pode usar um aplicativo de gerenciamento financeiro online para gerenciá-las.

O que fazer para organizar as finanças pessoais?

Primeiramente, para organizar as finanças pessoais, você deve tomar uma decisão após analisar a sua situação atual. Mas que decisão é essa? Bem, para toda e qualquer mudança na vida de uma pessoa, é necessário que ela decida que quer mudar tal situação, e se empenhar para isso.

Sendo assim, antes de seguir as dicas que disponibilizaremos abaixo, ou quaisquer outras, analise sua situação e tome a decisão para mudar. Se necessário e possível, conte com a ajuda de alguém com mais conhecimento que você em finanças, e que claro, seja de confiança.

O que é educação financeira pessoal?

Em suma, educação financeira é a capacidade de administrar as finanças de forma que a renda cubra todas as despesas sem afetar sua qualidade de vida. Isso quer dizer que, aqueles com boa educação financeira são apenas pessoas com muito dinheiro no banco? Longe disso. Você logo verá que não se trata apenas de quanto dinheiro você tem no bolso agora, mas também de como você valoriza suas ideias para o futuro.

Como resultado, aqueles que têm um bom nível de educação das finanças pessoais vivem estilos de vida mais relaxados e, como resultado, podem aproveitar melhor as oportunidades para aumentar o seu dinheiro de um jeito mais seguro e prático.

Qual o melhor app finanças pessoais?

O aplicativo de finanças pessoais é uma ferramenta muito útil que permite controlar melhor seus fundos. O melhor: na palma da sua mão. Vários aplicativos para Android, iOS e Windows Phone podem ajudá-lo a manter seu progresso enquanto gasta dinheiro. Muitos desses recursos têm várias funções para criar orçamentos semanais, mensais e anuais e exibir seus gastos em planilhas e gráficos para você poder entender melhor para onde seu dinheiro está indo. Veja a seguir uma pequena lista com 5 dos principais aplicativos com esta finalidade:

  • GuiaBolso;
  • MoneyWise;
  • Finance Plus;
  • Toshl Finance;
  • Minhas Economias.

Para que serve finanças pessoais?

O objetivo da gestão das finanças pessoais é organizar a vida financeira, o que pode até melhorar a felicidade das pessoas que a utilizam. Isso ocorre porque a quantidade de dinheiro que você ganha não tem nada a ver com a forma como você lida com isso.

Afinal, preocupando-se com a administração de suas despesas e receitas, problemas financeiros futuros podem ser evitados. Portanto, se você nunca prestou atenção a este assunto antes e decidir começar a aprender agora, por favor, entenda que não importa qual seja sua situação financeira atual.

Dicas para organizar as finanças pessoais

Como informamos anteriormente, o primeiro passo era tomar a decisão de mudar e se emprenhar nisso, seguindo uma série de dicas. O momento das dicas chegou, escolhemos as dicas listadas a seguir entre uma variedade de opções, leia com atenção e adote o máximo possível delas.

Reserve um dia para fazer o seu orçamento

Reserve um dia por mês para organizar suas finanças pessoais. Configure uma planilha com despesas fixas, dívidas, pagamentos e despesas adicionais. Insira toda a sua renda em simultâneo, como salário, aluguel, renda temporária, etc. Estabeleça um orçamento mensal e ajuste as despesas com base na receita. O ideal é sempre ter um superávit de 10% a 20%.

Tenha suas prioridades

Se o orçamento não for equilibrado – as despesas são maiores que os ganhos, a solução é reduzir as despesas imediatamente. Defina prioridades e elimine conteúdo desnecessário. Este período de ajuste requer ação disciplinar. Lembre-se de que isso é necessário, mas apenas temporariamente. Ir a restaurantes, passeios, viagens ou compras extras pode esperar até que o equilíbrio financeiro seja restaurado.

Saiba como usar o dinheiro

A maioria das pessoas está se concentrando em saber como ganhar dinheiro, não em como deve usá-lo. Há uma diferença muito grande entre às duas situações. Todo mundo conhece a história de empreendedores que acumularam muitas riquezas, mas acabaram falindo. Não há nada melhor do que pegar como exemplo os erros dos outros para aprender. Leia, pesquise e estude informações financeiras.

Crie objetivos financeiros

Determine o valor, o prazo e as metas financeiras a serem alcançadas. Organize-se para criar condições para atingir seus objetivos. Exemplo: adquirir um carro no valor de R$ 30.000 em dois anos. Verifique seu orçamento e busque uma forma de reorganizá-lo para comprar o carro no prazo estipulado.

Tenha o hábito de poupar

Sem poupança, não haveria organização de gestão das finanças pessoais. As reservas de capital permitem que as pessoas enfrentem emergências ou crises sazonais. Assuma a tarefa de economizar de 10% a 20% de sua renda mensal.

Saiba como fazer investimentos

Com um grau de organização financeira, essa pessoa possui recursos de investimento. Suas contas estão em dia, não há dívidas pendentes e a meta de gastar menos do que sua renda virou lei. Chegou a hora de ganhar dinheiro, fazendo ele trabalhar para você. Pesquise investimentos com base no seu perfil. Para isso, peça ajuda ao gerente do seu banco, conte com uma empresa especializada neste tipo de assessoria ou adquira capacitação para poder fazer os seus próprios investimentos.

Não entre no crédito fácil (e caro)

Linhas de crédito, como cheque especial e cartões de crédito, representam uma séria ameaça para qualquer planejamento financeiro, seja de finanças pessoais ou qualquer outro. As taxas de juros são altas e as pessoas são facilmente atraídas pela comodidade de contrair essas dívidas. Lembre-se de que o custo de ganhar dinheiro fácil é muito mais alto.

Similar Posts