Finanças

O que é tesouro direto? Como investir corretamente?

Se você está querendo investir, mas não sabe como e, além disso, tem dúvidas sobre qual é o melhor tipo de investimento para quem está começando agora, então no artigo de hoje, iremos te ajudar um pouco, para você saber fazer tudo certo na hora de começar a investir. Além de obter todas as informações sobre como investir no Tesouro Direto, que é a opção de investimento que trouxemos para você, ainda será possível que você veja dicas.

Sendo assim, para que você possa saber o que é o Tesouro Direto, como ele funciona, qual o valor mínimo para começar a investir, quanto esse tipo de investimento poderá render, além de saber mais sobre como investir no Tesouro Direto, então continue ligado no artigo, pois além dessas, você terá a chance de poder conferir várias outras informações e ótimas dicas que te auxiliarão na hora de começar a investir no Tesouro Direto. Confira:

Veja também:
Dicas para você começar a criar o hábito de economizar
Como ter uma boa educação financeira? Confira
Quando usar o planejamento financeiro pessoal? Descubra

O que é tesouro direto?

O Tesouro Direto se trata de um dos tipos de investimentos. O mesmo se trata da venda de títulos públicos e se refere a um investimento 100% digital/online. O Tesouro Direto é um investimento do Governo Federal, que possui parceria com a B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), que é a Bolsa de Valores do Brasil. Assim, você irá financiar dívidas públicas e terá o seu dinheiro de volta, com o acréscimo de juros, que será o seu rendimento.

De forma mais simples e mais explícita, para você poder entender melhor como o Tesouro Direto funciona, o que você irá fazer é comprar uma dívida pública e financiá-la e assim, em determinado prazo, você consegue receber o seu dinheiro de volta, com juros acrescentados. Na verdade, é como se fosse um empréstimo, onde você é quem oferece o dinheiro e recebe os juros, obtendo rendimento.

Como funciona o Tesouro Direto

O Tesouro Direto, assim como acabamos de mencionar anteriormente, se trata de um dos tipos de investimentos onde você tem a chance de realizar a compra de títulos públicos pela internet e com isso, ter a chance de obter rendimentos. Sendo assim, investir no Tesouro Direto pode ser uma das melhores opções de investimentos para aqueles que estão querendo entrar no mundo dos investimentos e não sabem o que fazer.

Isso porque, além de se tratar de um tipo de investimento com o qual você terá segurança, o Tesouro Direto ainda pode render ótimos lucros, além de permitir a você, a possibilidade de você conseguir contar com total facilidade, já que poderá investir sem ao menos sair de casa, já que o processo ocorre totalmente online.

Como investir no Tesouro Direto?

Se você já sabe o que é o Tesouro Direto e agora deseja saber como fazer para investir no Tesouro Direto, saiba ser muito simples. Para isso, você só precisa acessar o site oficial do Tesouro Direto e com isso, na opção de “Investir e resgatar”, procurar pelo título público no qual você deseja realizar o investimento. Ao fazer isso, siga as instruções dadas no site e realize seu investimento.

Qual é o valor mínimo para investir no Tesouro Direto?

Existe um valor mínimo pelo qual você pode investir no Tesouro Direto. Logo, esse valor é de R$30,00. Sendo assim, essa é uma incrível opção de investimento para você que deseja começar aos poucos, pois permite a você a chance de investir um valor baixo inicialmente e caso você deseje continuar investindo, você também pode investir valores baixos acima de R$30,00 sem problemas.

Qual é o rendimento do Tesouro Direto?

O valor mensal do Tesouro Direto é de 0,17% ao mês. No entanto, essa taxa tanto poderá aumentar, como também poderá ser mais baixa. Isso acontece, exatamente, pelo fato de que a taxa do Tesouro Direto acompanha a taxa Selic, que anual e atualmente é de 2%. No entanto, essa taxa sofre variações e caso ela aumente, o rendimento do Tesouro Direto também aumenta, caso baixe, o rendimento também baixa.

Qual a melhor instituição financeira para investir no Tesouro Direto?

Se você deseja conhecer instituições que sejam consideradas ótimas para o investir no Tesouro Direto, a seguir, você poderá conhecer as melhores opções:

  • XP Investimentos CCTVM S/A;
  • BB Banco de Investimentos S/A;
  • Easynvest – Titulo CV S/A;
  • Modal DTVM Ltda;
  • Rico Investimentos – Grupo XP;
  • E outras.

Títulos do Tesouro Direto

O Tesouro Direto possui três títulos e a seguir, você poderá conhecê-los:

  • Tesouro Prefixado
  • Tesouro Selic
  • Tesouro IPCA

Custos para investir no Tesouro Direto

Confira a seguir, a tabela de custos para investir no Tesouro Direto:

Prazo da aplicaçãoAlíquota IR
Até 180 dias22,5%
Entre 181 e 360 dias20%
Entre 361 e 720 dias17,5%
Acima de 720 dias15%

6 dicas para investir no Tesouro Direto com inteligência

Se você ainda está em dúvida sobre como investir no Tesouro Direto e deseja obter algumas dicas que sejam capazes de auxiliar você, a seguir você terá a chance de poder conferir 6 das melhores dicas, que serão capazes de te ajudar a investir no Tesouro Direto com inteligência. Confira a seguir e veja como essas dicas poderão ser úteis para você:

1. Escolha uma corretora com taxa zero

Primeiramente, a dica que temos para você é a de você encontrar uma corretora que cobre taxa zero para a realização do investimento. Isso porque, quando taxas de juros são cobradas, o rendimento que você recebe não lhe serve para nada e é possível que você acabe gastando mais do que obtenha lucros.

2. Comece pelo Tesouro Selic

Uma das opções pela qual você deverá optar ao investir no Tesouro Direto, é investir diretamente no Tesouro Selic, principalmente para aqueles que nunca investiram e desejam começar a investir, isso porque ele possui liquidez diária.

3. Use o Tesouro Prefixado para médio e longo prazo

Depois de iniciar seus investimentos, você deve recorrer ao Tesouro prefixado e aumentar seus horizontes. Porém, vale a pena lembrar que, por serem de longo e médio prazo, você precisa manter o título até o final para que assim, toda a rentabilidade prometida seja garantida.

4. Invista no futuro com o Tesouro IPCA

Se você deseja proteger o seu dinheiro da infração, que muitas vezes só cresce e traz prejuízos, então optar por investir no Tesouro IPCA pode ser uma das melhores opções.

5. Use a calculadora e o simulador do Tesouro Direto

Simular, seja lá o serviço que você for contratar ou o investimento que for investir, se trata de algo importante, pois você pode ter uma noção e saber se o serviço vale a pena. Sendo assim, não deixe de simular e de usar a calculadora, pois eles podem ser ótimos aliados na hora de investir no Tesouro Direto.

6. Faça aportes frequentes

Quando você investe no Tesouro Direto, é bastante importante que você esteja sempre realizando novas aplicações, pois isso irá ajudar você a conseguir potencializar o dinheiro que você já ganhou. Ou seja, ao fazer aportes, você consegue fazer com que o dinheiro que você já ganhou possa ser multiplicado e, além disso, você pode realizar o investimento total que sobrar do seu dinheiro ou, além disso, aplicar um determinado valor da sua poupança mensal. 

Por este motivo, se o que você deseja é potencializar ainda mais os seus rendimentos e com isso, ter a oportunidade de conseguir mais dinheiro, então saiba que realizar aportes com frequência poderá ajudar você a realizar um aumento dos seus lucros. Por isso, aposte sempre nos aportes.

7. Estabeleça objetivos financeiros

Você deve ter objetivos financeiros antes de investir no Tesouro Direto:

Quero poupar para a aposentadoria

Para este caso, você deve optar pelo Tesouro IPCA, já que este possui prazos bem mais longos.

Quero comprar uma casa ou aumentar meu patrimônio

No caso de você querer realizar a compra de uma casa ou outro bem e, além disso, deseja aumentar seu patrimônio, você pode optar tanto pelo Tesouro Selic, como pelo Tesouro IPC e o Tesouro Direto.

8. Preste atenção aos sinais da economia

Você precisa estar bem informado sobre a economia, antes de investir no Tesouro Direto, ficando sempre por dentro de mais informações sobre a Taxa Selic e verificando se há a probabilidade de ela baixar, pois, caso isso aconteça, essa não é a melhor hora para investir.

Similar Posts